Primeiro aerogerador brasileiro inicia operação em Santa Catarina - APESC | Associação dos Produtores de Energia de Santa Catarina
slideslide

Primeiro aerogerador brasileiro inicia operação em Santa Catarina

Projetado e fabricado pela WEG em sua planta de Jaraguá do Sul, o primeiro aerogerador nacional entrou em operação comercial no começo de março. A máquina tem potência de 4,2 megawatts (MW) e foi desenvolvida pelo programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com participação da Engie e da Celesc, com investimento superior a R$ 200 milhões.

O local escolhido para o lançamento da operação foi o parque experimental de inovação da Engie, em Tubarão. O gerador, o hub e a nacele pesam 201,3 toneladas e foram testados em uma das maiores estruturas de testes de aerogeradores das Américas, apta a atender futuras plataformas de até 6 MW. Já as pás eólicas foram fabricadas pela Aeris Energy em Caucaia (CE) e transportadas por navio e caminhão.

Desde a assinatura do primeiro contrato, no início de 2020, a WEG fechou encomendas com mais três geradoras e está com produção fechada até o fim de 2022. A empresa também prevê elevar a capacidade de produção de 8 para 12 geradores por mês até dezembro.

Além de disponibilizar energia no Sistema Interligado Nacional, a conclusão da fase de homologação e a operação comercial comprovam a viabilidade operacional do equipamento, dando segurança à Weg para seguir fabricando a turbina em escala e disponibilizando-o ao mercado.

A Celesc, que também atuou no projeto, ressaltou que geradoras de energia do mundo inteiro poderão investir no produto e que os testes para o mercado brasileiro fazem frente aos desafios da cadeia de produção, como fornecimento e custos de materiais, sendo uma solução completa tecnologicamente.

Tecnologia do Google TradutorTradutor